01 dezembro 2014

As mulheres de Woody

É incontestável dizer que o diretor Woody Allen é um gênio no mundo cinematográfico. Um dos diretores mais ativos da sua geração, Allen completa hoje 79 anos. E como fãs de seu trabalho, não poderíamos deixar de registrar aqui nossa admiração.

O diretor Woody Allen em ação

As mulheres de Woody Allen são sempre complexas, inteligentes e desempenham papéis essenciais na trama. Papéis que renderam às suas protagonistas diversos prêmios importantes. É o caso de Diane Keaton, que teve sua carreira moldada pelos filmes do diretor e eternizou a personagem Annie Hall, de "Noivo Neurótico, Noiva Nervosa, que lhe rendeu um Oscar, um Globo de Ouro e o BAFTA em 1978. Keaton estrelou ao todo 8 filmes de Allen e teve um romance com ele nos anos 70.

Diane Keaton e Woody Allen em "Annie Hall", de 1977

A lista de premiadas ainda contempla: Dianne Wiest, Mira Sorvino, Penélope Cruz e Cate Blanchett. Mas a lista de musas de Allen também elenca nomes como Mariel Hemingway, Judy Davis, Scarlet Johansson e mais recentemente Emma Stone.

Mas foi com Mia Farrow que Allen vivenciou uma de suas maiores parcerias. Foram 13 filmes em 10 anos e um relacionamento que durou 12. Em 1992, o casal se separou em meio um escândalo: Farrow descobriu que sua filha adotiva, Soon-Yi, tinha um affair com o diretor (posteriormente eles se casaram e estão juntos até hoje). Farrow ainda acusou o diretor de ter abusado sexualmente de um de seus filhos. Ele negou e foi absolvido, mas perdeu o direito de ver a criança.

Woody e Mia Farrow nos bastidores de "A Rosa Púrpura do Cairo", de 1985

Polêmicas à parte, não há como negar a importância de Woody Allen para o cinema contemporâneo. Além de comediante, diretor, roteirista e ator de cinema, ele ainda toca clarinete semanalmente num bar de Nova Iorque. Sua ligação com a música, principalmente com o Jazz, pode ser conferida em todos os seus filmes, dos quais é responsável também pela escolha da trilha sonora. Em 2002 participou, pela primeira vez, do Festival de Cannes, onde ganhou uma Palma de Ouro pelo conjunto de sua obra.

Woody Allen se descreve da seguinte maneira "As pessoas sempre se enganam em duas coisas sobre mim: pensam que sou um intelectual (porque uso óculos) e que sou um artista (porque meus filmes sempre perdem dinheiro)".

Dicas Lascivité:

Para ler - "Conversas com Woody Allen", de Eric Lax
O biógrafo de Woody Allen, Eric Lax, reuniu 36 anos de conversas com o cineasta. No livro, Allen fala sobre a elaboração de roteiros, formação de elenco e representação, filmagem e direção, montagem e escolha da música. Ou seja, todo o processo cinematográfico é contemplado nas reflexões do grande cineasta. Além de saciar a curiosidade dos fãs de Allen, que faz comentários por vezes hilariantes, o livro é de leitura obrigatória para os cinéfilos.

Para assistir

1- Noivo Neurótico, Noiva Nervosa -  https://www.youtube.com/watch?v=TBzHphcc2Jw
4- A Rosa Púrpura do Cairo - https://www.youtube.com/watch?v=Bp6YDZVVbj0
4 - Blue Jasmine - https://www.youtube.com/watch?v=g6ajyLRsCnY
Fontes: 






Postar um comentário