07 novembro 2012

A reeleição de um ícone da moda

Com a reeleição de Barack Obama nos EUA quem ganha também é o mundo da moda. Isso por conta da presença de Michelle Obama durante mais 4 anos nos holofotes. 

Reconhecida pela inteligência, simpatia e também pela longilínea silhueta, Michelle chamou a atenção dos fashionistas pelo estilo nada convencional e por misturar marcas de luxo com peças de fast-fashions. Adepta de vestidos mais retrôs e cintura marcada, Michelle foi elevada a ícone de estilo e até comparada à Jacqueline Kennedy, primeira-dama dos EUA na década de 60. Comparação para poucas, claro. 

Ousadia também é um fator muito marcante em Michelle. Com muitas estampas e cores, ela foge da imagem  da primeira-dama convencional, aquela de tailleur e presença insossa. No entanto, apesar de tudo isso, Michelle consegue passar a imagem de uma mulher real, como bem salientou o consultor de moda e apresentador Arlindo Grund: "Mesmo sendo uma primeira-dama, é uma pessoa normal. É uma pessoa real", disse ele ao Uol Moda, na ocasião da visita de Barack Obama e Michelle ao Brasil, no ano passado. 

Quem também bem definiu Michelle foi a irmã da cantora Beyoncé, Solange Knowles: "Não é apenas o estilo de Michelle que é encantador. Eu amo o que ela faz pela população norte-america, especialmente as mulheres, em termos de ser dona de si mesma e não abaixar a cabeça para a opinião das outras pessoas. Eu vi pessoas criticando-a porque ela mostra pernas ou braços, mas eu acho incrível como ela influencia as mulheres a se conhecer e ir atrás do que as faz feliz".





A gente acha Michelle demais e a cara da Lascivité. Tanto que em 2009 a revista Moda Moldes escolheu duas peças nossas para ilustrar o estilo da recém eleita primeira-dama (veja aqui). Estamos torcendo para que Michelle passe na Vila na sua próxima visita ao Brasil ;]


Postar um comentário