14 julho 2011

Dica de cinema

A dica de hoje poderá ser apreciada apenas a partir de 12 de Agosto no Brasil, porém, vale toda a pena do mundo esperar.

Fui ontem assistir ao espetacular filme "Árvore da Vida", do excepcional Terrence Malick, e sai da sala do cinema completamente hipnotizado por todo o poder de imagens e pensamentos que a película carrega.

Estrelado por Brad Pitt, Sean Penn e a excepcional, roubando todas as cenas Jessica Chastain (que aliás está sempre com vestidos vintage MA-RA-VI-LHO-SOS, simples e casuais), narra a trajetória da vida num sentido mais existencialista, vindo desde o Big Ben passando pelos dinissauros até períodos mais contemporâneos, centrando este espetáculo em uma família americana da década de 50 e a criação de seus 3 filhos, do nascimento à perda da inocência, até as reflexões do filho mais velho, protagonizado então por Sean Penn.
Podendo ser tido como cansativo por sua construção, baseado mais em imagens que diálogos em si, podendo resultar em meia hora de silêncio na sala, nos dá a oportunidade de refletirmos para que cheguemos em nossas próprias conclusões do que vemos na tela, uma poesia gentilmente compartilhada com seus espectadores.

Não é a toa que venceu a Palma de Ouro de Cannes este ano, mas duvido que chegue ao mesmo no Oscar, por sua complexidade dramática que nem sempre é tão apreciada pela defasada academia.


Postar um comentário