27 janeiro 2010

Seja fashion, faça sol ou faça chuva

Inspirados pelas dádivas que ganhamos todas as tardes deste maravilhoso mês, vimos um post super legal das meninas da Oficina de Estilo (que nós adoramos) e resolvemos retransmitir a todas vocês. Não é porque é dia de chuva que precisamos sair de casa como Cinderelas e voltar toda gata borralheira. Aproveitem as dicas:

Tempo de muito calor é também tempo de chuva, né, gente. É tempo de visitar o climatempo pra pensar no que usar e conseguir um tempinho no dia anterior pra separar as peças do look – se a intenção é atravessar qualquer chuva sequinha e bem humorada, cuidar do que vai envolver a gente (e proteger dos pingos!) é um bom começo. Tá aqui a lista de fórmulas pra dia de chuva da Oficina de Estilo. Anota tudo que já já tem oportunidade de por em prática. Especialmente pras leitoras daqui de SP! ;-)


meiachuvosa

PÉS SEQUINHOS
Melissas e sapatos de plástico nessa mesma linha são um investimento não tão alto com uma função valiosa na chuva: substituem super bem as galochas, com a vantagem de acrescentar design ao look. Galochas – vamos combinar – ficaram com “cara de festival de música na lama”. E se as Melissas não forem uma opção, melhor escolher pra dias de chuva sapatos em materiais lisos e semi-impermeáveis, tipo verniz e vinil. Couro, camurça, superfícies de pêlos ou tecido são materiais que a chuva (ou qualquer água) super pode danificar assim, ó, rapidex.


PEÇAS FEITAS DE MATERIAL QUE NÃO “DERRETE”

Escolher materiais menos “estragáveis” vale também pra jaquetas e capinhas: veludo, veludo cotelê, couro e camurça devem sair de casa só no tempo seco. No lugar desses, é bom escolher capinhas e jaquetas em nylon, bem tipo impermeáveis mesmo – e dia de chuva é dia de trench-coat, né, gente? Não à toa o trench mais clássico é feito de algodão puro: molha mas também seca rapidinho (fica a dica). Vale pensar em capinhas e em trench-coat como acessórios: a gente veste em deslocamentos e pendura quando estiver em ambiente seco – um charminho, não?

COMPRIMENTOS À PROVA DE POÇAS
A gente acha esperto trocar calças compridas por bermudas, saias e vestidos, pra ter segurança de não molhar barras longas – pele pode até molhar, mas seca mais rápido que tecido! Em tempos de chuva é que a gente agradece à modinha das calças mais curtas e das barras dobradinhas, bem tipo Katie Holmes.


CABELOS GARANTIDOS

Dia de chuva devia ser o dia mundial do cabelo previamente preso, ainda antes de sair de casa, com cuidado e carinho. Não vale a pena esperar sair, pegar chuva e assistir o cabelo murchando, pra só então prender malucamente, não é mesmo? Vale já sair digna, com o cabelo ajeitadinho, preparada pra voltar pra casa intocada pela umidade!


ACESSÓRIOS DE DIAS MOLHADOS
Guarda-chuva não precisa ser preto, né? Vale coordenar cor, estampa e textura com os elementos de design do próprio look – tudo é exercício, tudo é motivo pra sorrir em frente ao espelho. Chapéus (pra quem encara – rende todo um novo post, né?) e lenços são ajuda extra: servem como abrigo e protegem jubinhas, além de acrescentar muita informação de estilo a qualquer look. Mais: bolsa boa pra dias molhados é a que deixa as mãos livres pra segurar a sombrinha e ainda fazer sinal pro táxi se a chuva apertar! ;-)

Postar um comentário